Versão 2.1.1, lançada em 09-06-2017

Este documento contém todas as informações necessárias para você começar a trabalhar com o User Sync. Ele pressupõe que você esteja familiarizado com o uso de ferramentas de linha de comando em seu sistema operacional local, bem como tenha uma compreensão geral da operação de sistemas de diretórios corporativos.

Introdução

Nesta seção


Próxima seção


O User Sync, da Adobe, é uma ferramenta-de linha de comando que transfere as informações de usuários e grupos do sistema de diretórios corporativo-compatível com LDAP (como um Active Directory) para o sistema de gerenciamento de usuários da Adobe.

Cada vez que você executa o User Sync, ele procura diferenças entre as informações de usuários nos dois sistemas e atualiza o diretório Adobe para corresponder ao seu diretório.

Pré-requisitos

Execute o User Sync na linha de comando ou a partir de um script, em um servidor que sua empresa opera, o qual deve ter o Python 2.7.9 ou posterior instalado. O servidor deve ter uma conexão à Internet e poder acessar o sistema de gerenciamento de usuários da Adobe e seu próprio sistema de diretórios corporativo.

A ferramenta User Sync é um cliente da API de gerenciamento de usuários (UMAPI). Para usá-la, é necessário primeiro registrá-la como cliente da API no console do Adobe I/O, e, em seguida, instalar e configurar a ferramenta, conforme descrito a seguir.

A operação da ferramenta é controlada por arquivos de configuração local e parâmetros de invocação de comando que fornecem suporte para diversas configurações. Você pode controlar, por exemplo, quais usuários devem ser sincronizados, como os grupos de diretórios devem ser mapeados para grupos e configurações de produtos Adobe e diversas outras opções.

A ferramenta pressupõe que sua empresa comprou licenças de produtos da Adobe. Use o Adobe Admin Console para definir grupos de usuários e configurações de produtos. A associação a esses grupos controla quais usuários da sua organização podem acessar quais produtos.

Visão geral de operação

O User Sync se comunica com o diretório da sua empresa por meio de protocolos LDAP. Ele se comunica com o Admin Console da Adobe por meio da API de gerenciamento de usuários (UMAPI) da Adobe para atualizar os dados da conta de usuário para sua organização. A figura a seguir ilustra o fluxo de dados entre sistemas.

Figura 1: Fluxo de dados do User Sync

Cada vez que você executa a ferramenta:

  • O User Sync solicita registros de funcionários de um sistema de diretórios corporativo por meio do LDAP.
  • O User Sync solicita os usuários atuais e as configurações de produtos associadas do Adobe Admin Console por meio da API de gerenciamento de usuários.
  • O User Sync determina quais usuários precisam ser criados, removidos ou atualizados e quais grupos de usuários e associações de configurações de produtos eles devem ter, com base nas regras que você definiu nos arquivos de configuração do User Sync.
  • O User Sync faz as alterações necessárias no Adobe Admin Console por meio da API de gerenciamento de usuários.

Modelos de uso

A ferramenta User Sync pode se adequar ao seu modelo de negócio de várias maneiras, para ajudá-lo a automatizar o processo de monitoramento e controle de quais de seus funcionários e associados têm acesso aos produtos da Adobe.

Normalmente, uma empresa executa a ferramenta como uma tarefa agendada, a fim de atualizar periodicamente as informações de usuários e as associações a grupos no sistema de gerenciamento de usuários da Adobe com as informações atuais no diretório LDAP da empresa.

A ferramenta também oferece opções para vários outros fluxos de trabalho. Você pode escolher atualizar apenas as informações de usuários, por exemplo, e lidar com associações a grupos para obter acesso ao produto diretamente no Adobe Admin Console. Também pode atualizar todos os usuários ou apenas subconjuntos específicos de toda a sua população de usuários. Além disso, você pode separar as tarefas de adicionar e atualizar informações da tarefa de remover usuários ou associações. Existem várias opções para lidar com a tarefa de remoção.

Para obter mais informações sobre modelos de uso e como implementá-los, consulte a seção Cenários de uso a seguir.


Próxima seção